Mercado

É possível cortar gastos com TI sem perder a produtividade?

By setembro 14, 2017 No Comments

Os donos de empresas estão constantemente procurando por maneiras de reduzir os custos com TI e aumentar os lucros, especialmente em tempos de dificuldades financeira, como o atual clima econômico em que vivemos.

Algumas empresas acabam até por comprometer sua produtividade ou a qualidade do produto ou serviço que prestam para conquistar esse objetivo. Mas será que esse é o único caminho?

A verdade é que é possível cortar gastos com TI mantendo a mesma produtividade e qualidade de antes. Quer saber como? Continue lendo!

A importância da TI no sucesso do negócio

O sucesso de cada negócio depende de certos fatores. Alguns dos quais envolve análises precisas, por meio da tecnologia certa. Já não é segredo que as organizações que investem em tecnologia e escolhem o caminho da inovação aumentam sua participação no mercado, os valores financeiros e a competitividade geral.

É a tecnologia da informação que proporciona a oportunidade de analisar dados específicos e planejar sua jornada comercial de acordo. Ela também fornece muitas ferramentas que podem resolver problemas complexos, ajudar a planejar a escalabilidade do negócio e aumentar a produtividade.

Mas tudo isso pode acabar representando um grande custo para a empresa e, especialmente em momentos de crise, você pode se perguntar: como cortar gastos com TI sem perder nenhum desses benefícios?

Como cortar gastos com TI sem prejudicar o negócio

Aqui estão 5 idéias comprovadas para ajudar a cortar gastos com TI. Se você já pensou em implementar algumas dessas, bravo! Você provavelmente está à frente da concorrência. Mas certifique-se também de verificar os outros itens em nossa lista. Cada um deles merece sua consideração.

1. Virtualize seus servidores

A execução de um ou vários servidores virtuais permite mais densidade na utilização dos seus recursos, como hardware, espaço e outros. Essa tecnologia também garante que o isolamento e a segurança dos dados sejam mantidos.

Com isso, você poderá consolidar sua infraestrutura e acabar com qualquer problema de sub-utilização Isso ajuda a otimizar o uso dos seus recursos, diminuindo o número de máquinas e permitindo que você gaste somente com aquilo que efetivamente precisa. Consolidar os servidores com a virtualização também diminui os gastos com eletricidade e consumo de espaço.

2. Renegocie os contratos existentes para cortar gastos com TI

“Se você não perguntar, nunca vai saber a resposta”, como diz o ditado. Fale com os seus fornecedores sobre reduções de custos, descontos, promoções e outros. Você pode se surpreender com o que eles vão oferecer. No mínimo, você colocará seus fornecedores em aviso que você se tornou mais consciente dos custos, uma posição que deve ser lembrada no futuro.

3. Consolide fornecedores, serviços e plataformas

Relacionado à renegociação de contratos existentes está a busca por oportunidades para se consolidar, com o objetivo de gastar menos. Ao padronizar fornecedores e tecnologias, e reduzir a redundância você terá melhores resultados, menos custo e menos risco de segurança para os dados da empresa.

4. Revise o processo de aquisição

Enquanto você está examinando os relacionamentos atuais com seus fornecedores, é igualmente importante analisar como e quando os itens são obtidos. É importante se você está comprando as coisas certas no momento certo e pelo preço certo.

Existe um novo modelo de preços de fornecedores existentes? Um novo concorrente, com preços mais atrativos entrou no mercado? Basicamente, você está confiante de que suas organizações de compras e aquisições estão totalmente otimizadas?

5. Exija um ROI maior dos projetos de TI

Procure ser mais eficiente com seus investimentos em TI, especificamente evitando grandes projetos de vários anos, sempre que possível. Se uma iniciativa não está entregando o retorno esperado, é melhor saber isso rapidamente e tomar medidas corretivas, como revisar o plano.

O ROI é a ferramenta de análise para auxiliar nessa hora. Ele representa o tanto de retorno que um projeto trará em visto do tanto de investimento que ele exige. Quanto maior o ROI, mais retorno para a empresa. 

Gostou das nossas dicas? Compartilhe nosso post nas suas redes sociais e mostre aos seus amigos como também cortar gastos com TI sem perder a produtividade!

Leave a Reply