Cloud Computing

A tecnologia por trás dos ataques virtuais

By outubro 27, 2017 No Comments

Os ataques virtuais continuam a aumentar e afetam organizações em todo o mundo. Apesar de todos os esforços e medidas de prevenção tomadas, esses ataques continuam causando estragos, sem sinais de desaceleração.

Por que essas ameaças online ainda estão se espalhando? Como funciona a tecnologia por trás dos ataques virtuais? Os hackers agora estão usando tecnologia mais avançada e complexa para encontrar seus próximos objetivos, infectar vários dispositivos e obter acesso aos dados sensíveis dos usuários.

Mas o que você pode fazer para se prevenir contra esses ataques e evitar a perda de dados sensíveis na empresa que você trabalha? Confira nosso post completo sobre o assunto!

O WannaCry: um ransomware sem precedentes

Os criminosos cibernéticos se tornaram engenhosos durante os ataques e passaram a usar um fator surpresa. Este ano, o WannaCry foi o maior ataque global de ransomware na história da Internet.

Por que esse ataque cibernético foi um sucesso para cibercriminosos? O que ele fez de diferente do resto dos ataques virtuais? A resposta: o WannaCry tinha uma baixa taxa de detecção. Os hackers exploraram uma vulnerabilidade no sistema Windows que permitiu que o vírus se movesse lateralmente nas redes e infectasse centenas de computadores.

Eles usaram um exploit proveniente da Agência Nacional de Segurança dos EUA, a NSA, para espalhar o malware rapidamente e infectar uma grande quantidade de computadores. Este é apenas um dos exemplos dos ataques que aconteceram este ano para que você possa começar a entender como os criminosos online estão mudando seus caminhos.

Como os ataques virtuais evoluíram em 2017

Até agora, 2017 provou ser um ano produtivo para os cibercriminosos, pois testemunhamos um grande número de novos ataques virtuais que atingiram o mercado. Do maciço WannaCry para o surto Petya, eles vêm em todas as formas e tamanhos, são difíceis de serem antecipados e causam muitos danos.

Parece que este ano os ataques cibernéticos estão ocorrendo em uma frequência maior do que nos anos anteriores, e ainda têm uma alta taxa de impacto. Diversas organizações sofreram esses ataques em grande escala, quer seja perdendo seus dados valiosos ou causando a interrupção do negócio.

Todo mundo está vulnerável, mas sempre podemos aprender a tornar-se mais resiliente a tais ataques e a levar a segurança cibernética mais a sério. O estudo CheckPoint Research de 2017, descobriu que a maioria das regiões globais foi atingida por um ransomware, já uma ameaça de segurança comum e generalizada. 

A invasão do ransomware aumentou significativamente este ano com um grande impacto e causando vazamento de dados / perda financeira importantes para organizações. Esse malware continua a dominar a paisagem dos ataques virtuais e também afeta setores importantes como hospitais, bancos, universidades, governo, entre outros.

As consequências financeiras dos ataques virtuais também são preocupantes, já que os custos médios globais do cibercrime continuam a aumentar. O estudo “Custo do CyberCrime” realizado pelo Instituto Ponemon e a Accenture, mostrou que o custo do cibercrime é agora 23% maior do que em 2016 e está custando cerca de 11,7 milhões de dólares a organizações de todo mundo.

As principais tecnologias para se prevenir

Em um cenário como esse, a computação em nuvem e a virtualização de servidores chegam como alternativa para aumentar a segurança dos dados sensíveis da empresa e garantir um bom plano de recuperação de desastres.

Isso porque ao virtualizar é uma forma de reduzir seus custos com servidores físicos, dividindo os recursos em vários servidores virtuais, de modo que seus diversos sistemas operacionais possam ser executados no mesmo hardware físico, isolados entre si.

A virtualização não só ajuda a aumentar a segurança da informação, uma vez que seus dados estarão fragmentados na nuvem, tornando mais difícil aos hackers alcançá-los, como também reduz seu downtime, tempo de inatividade do sistema.

Você ainda conta com o suporte de um parceiro completamente dedicado a deixar suas informações seguras e disponíveis. Além disso, mesmo na eventualidade de um ataque, você não ficará sem seus dados, visto que o backup é realizado automaticamente.

Pronto para se prevenir contra ataques virtuais? Leia também nosso artigo sobre como escolher a solução certa de virtualização para sua empresa e faça a sua agora mesmo!

Leave a Reply